sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

SALÁRIO DE PARLAMENTARES


Erundina protesta contra reajuste salarial de parlamentares

E-mail
Deputada sugere que a população reaja, mas sem generalizar toda a classe política
Um pequeno grupo de deputados se insurgiu, mas não adiantou: 93% dos parlamentares disseram sim e o salário dos deputados e senadores foi reajustado em 62%; dos ministros do Executivo em 149% e do presidente da república em 130%. O efeito cascata que o reajuste aprovado gera, irá onerar o orçamento público em quase 240 milhões de reais anualmente (130, milhões nos cofres do Congresso e 100 milhões nos cofres do executivo, de acordo com)
A deputada Luiza Erundina faz parte do pequeno grupo - apenas 35 deputados - que protestou contra o aumento (35 deputados). Segundo ela “a bancada do PSB não se reuniu, nem tomou uma posição a respeito desta matéria, o que me dá condição de me posicionar a respeito. E eu o faço manifestando minha absoluta rejeição, contrariedade e posição firme contra a aprovação deste reajuste absurdo, desrespeitoso e atentatório ao interesse público”, protesta Erundina.
Além de Erundina e outros parlamentares de diferentes partidos se posicionarem contra o aumento, apenas o PSOL, enquanto partido, orientou sua bancada a votar contra. Os demais partidos orientaram suas bancadas a votarem sim e aprovarem o reajuste salarial “Defendemos o reajuste baseado no parâmetro da inflação e em critérios profundos a serem discutidos de forma definitiva. Somos exemplo, somos parâmetro, temos que agir com justiça e austeridade”, afirma o deputado Chico Alencar, do PSOL.
Falta de transparência
Além do percentual absurdo, outro ponto que a deputada Luiza Erundina contestou em relação ao reajuste foi a falta de discussão sobre a matéria e a convocação repentina da pauta, em regime de urgência. “Não houve discussão, não houve transparência. A medida foi tomada de maneira centralizada pela Mesa Diretora”, relata Erundina.
Para ela, a sociedade deve reagir diante de absurdos como estes, e cobrar que os reajustes sejam decididos pela sociedade civil e não pelos próprios parlamentares, que têm seus interesses. “Nós somos funcionários públicos, representantes do povo. Penso que, quem deve decidir sobre os honorários dos representantes do povo é o próprio povo”, opina.
Traição da vontade popular
Luiza Erundina também afirmou que, aprovando esse reajuste, os parlamentares estariam traindo a vontade popular e recomendou aos parlamentares que tirassem seus buttons (distintivos que os identificam como parlamentares) porque certamente sofreriam críticas agressivas por parte da população.
“A população não aceita esta arbitrariedade, este desrespeito e esta desconsideração com o interesse público”, alerta Erundina. “Como os parlamentares querem ser respeitados pela população, pela mídia, se eles mesmos não se fazem respeitar? Como fazem isso sem nenhum remorso ou preocupação?”, reclama a deputada, lembrando que muitos deles acabaram de ser reeleitos há pouquíssimo tempo.
Erundina sugere que a população reaja, se manifeste, mas não pense de forma generalizada, pois, segundo ela, existem os parlamentares que agem de forma coerente. É preciso apenas que a população fique atenta para isso, e tenha memória na hora de escolher seus representantes.
Acre (AC)
Flaviano Melo  (PMDB)  Sim
Henrique Afonso  (PV)     Não
Sergio Petecão  (PMN)     Sim
Total Acre: 3

Alagoas (AL)
Antonio Carlos Chamariz  (PTB)     Sim
Benedito de Lira  (PP)     Sim
Francisco Tenorio  (PMN)     Sim
Givaldo Carimbão  (PSB)  Sim
Joaquim Beltrão  (PMDB)  Sim
Maurício Quintella Lessa  (PR)     Sim
Total Alagoas: 6

Amapá (AP)
Evandro Milhomen  (PCdoB)  Sim
Janete Capiberibe  (PSB)  Sim
Jurandil Juarez  (PMDB)  Sim
Sebastião Bala Rocha  (PDT)     Sim
Total Amapá: 4

Amazonas (AM)
Átila Lins  (PMDB)  Sim
Rebecca Garcia (PP)     Sim
Silas Câmara  (PSC)     Sim
Total Amazonas: 3

Bahia (BA)
Alice Portugal  (PCdoB)  Sim
Antonio Carlos Magalhães Neto  (DEM)     Sim
Claudio Cajado  (DEM)     Sim
Colbert Martins  (PMDB)  Sim
Daniel Almeida  (PCdoB)  Sim
Edson Duarte  (PV)     Sim
Fábio Souto  (DEM)     Sim
Félix Mendonça  (DEM)     Sim
Geraldo Simões  (PT)     Sim
João Carlos Bacelar  (PR)     Sim
João Leão  (PP)     Sim
Jorge Khoury  (DEM)     Sim
José Carlos Aleluia  (DEM)     Sim
José Carlos Araújo  (PDT)     Sim
José Rocha  (PR)     Sim
Luiz Alberto  (PT)     Sim
Luiz Bassuma  (PV)     Não
Márcio Marinho  (PRB)  Sim
Marcos Medrado  (PDT)     Sim
Mário Negromonte  (PP)     Sim
Maurício Trindade  (PR)     Sim
Nelson Pellegrino  (PT)     Sim
Paulo Magalhães  (DEM)     Sim
Roberto Britto  (PP)     Sim
Sérgio Barradas Carneiro  (PT)     Sim
Sérgio Brito  (PSC)     Sim
Severiano Alves  (PMDB)  Sim
Uldurico Pinto  (PHS)     Sim
Veloso  (PMDB)    Sim
Walter Pinheiro  (PT)     Sim
Zezéu Ribeiro  (PT)     Sim
Total Bahia: 31

Ceará (CE)

Aníbal Gomes  (PMDB)  Sim
Ariosto Holanda  (PSB) Sim
Eugênio Rabelo  (PP)     Sim
Flávio Bezerra  (PRB  Sim
José Guimarães  (PT)     Sim
Paulo Henrique Lustosa  (PMDB)  Sim
Zé Gerardo  (PMDB)  Sim
Total Ceará: 7

Distrito Federal (DF)
Alberto Fraga  (DEM)     Sim
Augusto Carvalho  (PPS)     Não
Jofran Frejat  (PR)     Sim
Magela  (PT)     Não
Tadeu Filippelli  (PMDB)  Sim
Total Distrito Federal: 5

Espírito Santo (ES)
Camilo Cola  (PMDB)  Sim
Capitão Assumção  (PSB)  Não
Jurandy Loureiro  (PSC)     Sim
Lelo Coimbra  (PMDB)  Não
Manato  (PDT)     Sim
Rita Camata  (PSDB)     Sim
Sueli Vidigal  (PDT)     Não
Total Espírito Santo: 7

Goiás (GO)
Carlos Alberto Leréia  (PSDB)     Sim
Luiz Bittencourt  (PMDB)  Sim
Marcelo Melo  (PMDB)  Sim
Pedro Wilson  (PT)     Sim
Professora Raquel Teixeira  (PSDB)     Sim
Roberto Balestra  (PP)     Sim
Total Goiás: 6

Maranhão (MA)
Davi Alves Silva Júnior  (PR)     Sim
Gastão Vieira  (PMDB)  Sim
Julião Amin  (PDT)     Sim
Pedro Fernandes  (PTB)     Sim
Pedro Novais  (PMDB)  Sim
Pinto Itamaraty  (PSDB)     Sim
Professor Setimo  (PMDB)  Sim
Ribamar Alves  (PSB)  Sim
Waldir Maranhão  (PP)     Sim
Zé Vieira  PR     (Sim)
Total Maranhão: 10

Mato Grosso (MT)

Carlos Abicalil  (PT)     Sim
Carlos Bezerra  (PMDB)  Sim
Eliene Lima  (PP)     Sim
Homero Pereira  (PR)     Sim
Thelma de Oliveira  (PSDB)     Sim
Valtenir Pereira  (PSB)  Sim
Wellington Fagundes  (PR)     Sim
Total Mato Grosso: 7 

Mato Grosso do Sul (MS)

Antônio Carlos Biffi  (PT)     Sim
Antonio Cruz  (PP)     Sim
Dagoberto  (PDT)     Sim
Geraldo Resende  (PMDB)  Sim
Marçal Filho  (PMDB)  Sim
Nelson Trad  (PMDB)   Sim
Vander Loubet  (PT)     Não
Waldemir Moka  (PMDB)   Sim
Total Mato Grosso do Sul: 8

Minas Gerais (MG)
Ademir Camilo  (PDT)     Sim
Aelton Freitas  (PR)     Sim
Alexandre Silveira  (PPS)     Sim
Antônio Andrade  (PMDB)  Sim
Antônio Roberto  (PV)     Sim
Aracely de Paula  (PR)     Sim
Bilac Pinto  (PR)     Sim
Carlos Willian  (PTC)  Sim
Ciro Pedrosa  (PV)     Sim
Edmar Moreira  (PR)     Sim
Eduardo Barbosa  (PSDB)     Sim
Fábio Ramalho  (PV)     Sim
Gilmar Machado  (PT)     Sim
Humberto Souto  (PPS)     Sim
Jairo Ataide  (DEM)     Sim
Jô Moraes  (PCdoB)  Sim
João Magalhães  (PMDB)  Sim
José Santana de Vasconcellos  (PR)     Sim
Júlio Delgado  (PSB)  Sim
Lael Varella  (DEM)     Sim
Leonardo Quintão  (PMDB) Sim
Luiz Fernando Faria  (PP)     Sim
Márcio Reinaldo Moreira  (PP)     Sim
Marcos Lima  (PMDB)   Sim
Marcos Montes  (DEM)     Sim
Maria Lúcia Cardoso  (PMDB)  Sim
Mário Heringer  (PDT)     Sim
Mauro Lopes  (PMDB)  Sim
Miguel Martini  (PHS)     Sim
Narcio Rodrigues  (PSDB)     Sim
Odair Cunha  (PT)     Sim
Paulo Abi-Ackel  (PSDB)     Sim
Paulo Piau  (PMDB)  Sim
Reginaldo Lopes  (PT)     Sim
Silas Brasileiro  (PMDB)  Sim
Virgílio Guimarães  (PT)     Sim
Vitor Penido  (DEM)     Sim
Total Minas Gerais: 37

Pará (PA)

Ann Pontes  (PMDB)  Sim
Asdrubal Bentes  (PMDB)  Sim
Bel Mesquita  (PMDB)  Sim
Beto Faro  (PT)     Sim
Elcione Barbalho  (PMDB)  Sim
Gerson Peres  (PP)     Sim
Giovanni Queiroz  (PDT)     Sim
Lira Maia  (DEM)     Sim
Lúcio Vale  (PR)     Sim
Paulo Rocha  (PT)     Sim
Wladimir Costa  (PMDB)  Sim
Zé Geraldo  (PT)     Sim
Zenaldo Coutinho  (PSDB)     Sim
Total Pará: 13

Paraíba (PB)
Armando Abílio  (PTB)     Sim
Luiz Couto  (PT)     Não
Major Fábio  (DEM)     Não
Manoel Junior  (PMDB)  Sim
Marcondes Gadelha  (PSC)     Sim
Rômulo Gouveia  (PSDB)     Sim
Vital do Rêgo Filho  (PMDB)  Sim
Wellington Roberto  (PR)     Sim
Wilson Braga  (PMDB)  Sim
Total Paraíba: 9

Paraná (PR)
Alceni Guerra  (DEM)     Sim
Alex Canziani  (PTB)     Sim
Alfredo Kaefer  (PSDB)     Não
Andre Vargas  (PT)     Sim
Angelo Vanhoni  (PT)     Sim
Assis do Couto  (PT)     Não
Cassio Taniguchi  (DEM)     Sim
Cezar Silvestri  (PPS)     Sim
Dilceu Sperafico  (PP)     Sim
Gustavo Fruet  (PSDB)     Não
Luiz Carlos Hauly  (PSDB)     Sim
Luiz Carlos Setim  (DEM)    Sim
Marcelo Almeida  (PMDB)   Não
Moacir Micheletto  (PMDB)   Sim
Nelson Meurer  (PP)     Sim
Odílio Balbinotti  (PMDB)  Sim
Osmar Serraglio  (PMDB)   Sim
Ratinho Junior  (PSC)     Sim
Reinhold Stephanes  (PMDB)   Não
Ricardo Barros  (PP)     Sim
Rodrigo Rocha Loures  (PMDB)  Sim
Takayama  (PSC)     Não
Wilson Picler  (PDT)     Sim
Total Paraná: 23

Pernambuco (PE)

Ana Arraes  (PSB)  Sim
Bruno Rodrigues  (PSDB)     Sim
Carlos Eduardo Cadoca  (PSC)     Sim
Eduardo da Fonte  (PP)     Sim
Fernando Coelho Filho  (PSB)  Sim
Fernando Ferro  (PT)     Sim
Gonzaga Patriota  (PSB)  Sim
Inocêncio Oliveira  (PR)     Não votou porque estava presidindo a sessão
José Mendonça Bezerra  (DEM)     Sim
Maurício Rands  (PT)     Sim
Pedro Eugênio  (PT)     Sim
Raul Henry  (PMDB)  Sim
Raul Jungmann  (PPS)     Não
Wolney Queiroz  (PDT)     Sim
Total Pernambuco: 14

Piauí (PI)

Átila Lira  (PSB)  Sim
Ciro Nogueira  (PP)     Sim
José Maia Filho  (DEM)     Sim
Júlio Cesar  (DEM)     Sim
Marcelo Castro  (PMDB)  Sim
Osmar Júnior  (PCdoB)  Sim
Paes Landim  (PTB)     Sim
Total Piauí: 7

Rio de Janeiro (RJ)
Alexandre Santos  (PMDB)  Sim
Antonio Carlos Biscaia  (PT)     Sim
Bernardo Ariston  (PMDB)  Sim
Carlos Santana  (PT)     Sim
Chico Alencar  (PSOL)     Não
Cida Diogo  (PT)     Não
Dr. Adilson Soares  (PR)     Sim
Dr. Paulo César  (PR)     Sim
Edmilson Valentim  (PCdoB)  Sim
Edson Ezequiel  (PMDB)  Sim
Eduardo Cunha  (PMDB)   Sim
Fernando Gabeira  (PV)     Não
Filipe Pereira  (PSC)     Sim
Geraldo Pudim  (PR)     Sim
Hugo Leal  (PSC)     Sim
Indio da Costa  (DEM)     Sim
Jair Bolsonaro  (PP)     Sim
Léo Vivas  (PRB)  Sim
Nelson Bornier  (PMDB)  Sim
Paulo Rattes  (PMDB)  Sim
Rodrigo Maia  (DEM)     Sim
Silvio Lopes  (PSDB)     Abstenção
Simão Sessim  (PP)     Sim
Solange Almeida  (PMDB) Sim
Solange Amaral  (DEM)     Sim
Vinicius Carvalho  (PTdoB)     Sim
Total Rio de Janeiro: 26

Rio Grande do Norte (RN)
Henrique Eduardo Alves  (PMDB)  Sim
Rogério Marinho  (PSDB)     Sim
Total Rio Grande do Norte: 2

Rio Grande do Sul (RS)
Cláudio Diaz  (PSDB)     Sim
Darcísio Perondi  (PMDB)  Sim
Emilia Fernandes  (PT)     Abstenção
Fernando Marroni  (PT)     Sim
Germano Bonow  (DEM)     Sim
José Otávio Germano  (PP)     Sim
Luciana Genro  (PSOL)     Não
Luis Carlos Heinze  (PP)     Sim
Marco Maia  (PT)     Sim
Mendes Ribeiro Filho  (PMDB)  Sim
Osmar Terra  (PMDB)   Sim
Paulo Pimenta  (PT)     Não
Paulo Roberto Pereira  (PTB)     Sim
Pompeo de Mattos  (PDT)     Sim
Renato Molling  (PP)     Sim
Sérgio Moraes  (PTB)     Sim
Vieira da Cunha  (PDT)     Sim
Vilson Covatti  (PP)     Sim
Total Rio Grande do Sul: 18

Rondônia (RO)

Agnaldo Muniz  (PSC)     Abstenção
Eduardo Valverde  (PT)     Não
Ernandes Amorim  (PTB)     Não
Mauro Nazif  (PSB)  Não
Moreira Mendes  (PPS)     Sim
Total Rondônia: 5

Roraima (RR)

Angela Portela  (PT)     Sim
Edio Lopes  (PMDB)  Sim
Francisco Rodrigues  (DEM)     Sim
Luciano Castro  (PR)     Sim
Marcio Junqueira  (DEM)     Sim
Maria Helena  (PSB)  Sim
Total Roraima: 6

Santa Catarina (SC)

Angela Amin  (PP)     Sim
Celso Maldaner  (PMDB)  Sim
Décio Lima  (PT)     Não
João Matos  (PMDB)  Sim
Mauro Mariani  (PMDB)   Sim
Paulo Bauer  (PSDB)     Sim
Valdir Colatto  (PMDB)  Sim
Vignatti  (PT)     Sim
Zonta  (PP)     Sim
Total Santa Catarina: 9 

São Paulo (SP)
Abelardo Camarinha  (PSB)  Sim
Aldo Rebelo  (PCdoB)  Sim
Antonio Bulhões  (PRB)  Sim
Antonio Carlos Pannunzio  (PSDB)     Sim
Arnaldo Jardim  (PPS)     Sim
Beto Mansur  (PP)     Sim
Carlos Sampaio  (PSDB)     Sim
Carlos Zarattini  (PT)     Sim
Celso Russomanno  (PP)     Sim
Devanir Ribeiro  (PT)     Sim
Dr. Nechar  (PP)     Sim
Dr. Talmir  (PV)     Não
Dr. Ubiali  (PSB)   Sim
Edson Aparecido  (PSDB)     Sim
Emanuel Fernandes  (PSDB)     Não
Fernando Chiarelli  (PDT)     Não
Francisco Rossi  (PMDB)   Sim
Guilherme Campos  (DEM)     Sim
Ivan Valente  (PSOL)     Não
Jilmar Tatto  (PT)     Sim
João Dado  (PDT)     Sim
Jorginho Maluly  (DEM)     Sim
José C Stangarlini  (PSDB)     Não
José Genoíno  (PT)     Sim
Lobbe Neto  (PSDB)     Sim
Luiza Erundina  (PSB)   Não
Marcelo Ortiz  (PV)     Sim
Milton Monti  (PR)     Sim
Milton Vieira  (DEM)     Sim
Nelson Marquezelli  (PTB)     Sim
Paes de Lira  (PTC)  Não
Paulo Pereira da Silva  (PDT)     Sim
Paulo Teixeira  (PT)     Sim
Regis de Oliveira  (PSC)     Não
Renato Amary  (PSDB)     Sim
Ricardo Tripoli  (PSDB)     Sim
Roberto Alves  (PTB)     Sim
Roberto Santiago  (PV)     Sim
Vanderlei Macris  (PSDB)     Sim
Vicentinho  (PT)     Sim
Walter Ihoshi  (DEM)     Sim
William Woo  (PPS)     Sim
Total São Paulo: 42

Sergipe (SE)

Iran Barbosa  (PT)     Não
José Carlos Machado  (DEM)     Sim
Pedro Valadares  (DEM)     Sim
Valadares Filho  (PSB)  Sim
Total Sergipe: 4

Tocantins (TO)

Eduardo Gomes  (PSDB)     Sim
João Oliveira  (DEM)     Sim
Laurez Moreira  (PSB)  Sim
Lázaro Botelho  (PP)     Sim
Moises Avelino  (PMDB)  Sim
NIlmar Ruiz  (PR)     Sim
Total Tocantins: 6
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...